PT QUER ISENTAR IR ATÉ 5 SALÁRIOS E TAXAR JURO BANCÁRIO

Márcio Pochmann também quer dar dupla função ao Banco Central e instalar uma Constituinte

Um dos coordenadores econômicos da candidatura do ex-presidente Lula, Márcio Pochmann, defendeu reduzir a tributação na base da pirâmide social, isentando do pagamento do IR (Imposto de Renda) quem ganha até cinco salários mínimos (atualmente até R$ 4.770) e taxar os juros bancários.

“A ideia é isentar os juros que apresentem uma taxa adequada e taxar valores acima disso. Seria uma forma de levar à queda dos juros”, disse Pochmann nesta quarta-feira (15) no evento “O que o Brasil pode esperar da política econômica se seu candidato for vencedor?”, organizado pela FECAP, pela Ordem dos Economistas do Brasil e pelo Pensamento Nacional das Bases Empresariais (PNBE).

Outro ponto da política econômica do Partido dos Trabalhadores é a criação de um novo fundo constituído por reservas e debêntures do BNDES para financiar os investimentos.

Pochmann quer ainda atribuir novas funções ao Banco Central, além do cumprimento de metas de inflação. Para ele, a autoridade também deveria ter metas de emprego e de crescimento econômico.
De imediato, o assessor pretende “a revogação do conjunto de medidas instituídas no governo Temer como a lei de teto do gastos e a reforma trabalhista”.

Para uma reforma mais profunda, o plano de Lula é implementar uma Assembleia Nacional Constituinte.

 

Fonte: Jornal Destak

Por | 2018-08-15T18:23:24+00:00 ago 15, 18|

Sobre o Autor:

Marcio Pochmann é pesquisador no Centro de Estudos Sociais e Economia do Trabalho (Cesit) , professor titular no Instituto de Economia (IE) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e presidente da Fundação Perseu Abramo. Atuou como pesquisador junto às universidades italiana, francesa e inglesa. Foi presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e Secretario do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade da Prefeitura de São Paulo e consultor em instituições nacionais e internacionais. Foi candidato a prefeito de Campinas em 2012 e 2016 pelo PT. Marcio tem mais de 50 livros publicados nas áreas de políticas públicas, mercado, economia e sociedade.

Deixe um Comentário